23 novembro 2011

Os meus desejos.

O que eu faço com meu desejo que insiste em querer colar a minha boca na sua? Sentir sua respiração em mim, apesar da nossa distância. Como posso controlar o meu coração que dispara de vontade de você? Eu continuo a querer abrir com meus dedos os seus lábios e ouvir você gemer no meu ouvido. Não tenho controle sobre meus desejos, nem consigo entender como você consegue controlar os seus. Sinto no tempo das suas palavras o quanto você ainda me quer. O seu controle é o meu descompasso. Eu te amo.

Um comentário:

  1. Amiga DI Maria, lindo texto poético.
    Um abração. Tenhas um lindo dia.

    ResponderExcluir